Nossa casa, nossa alma


Foto de J.R. Duran 

Reynaldo Gianecchini passou por um longo tratamento de câncer nos últimos 9 meses. Apesar de ter acompanhado algumas notícias a respeito desse tema fui surpreendida por suas declarações à Marília Gabriela, em seu programa de entrevistas no GNT, ontem. Foi grande a transformação do ator. O amor que ele recebeu em doses generosas da família, dos amigos e fãs promoveu uma experiência de vida e morte que produziu marcas em sua alma e que passaram a refletir em seu exterior. Ele disse que durante o tratamento sentiu muita vontade de mudar sua casa. Quando já não havia mais paredes para pintar, objetos para trocar, ele também chegava ao fim do tratamento. Coincidência? Não, claro que não. Ele mesmo declarou em entrevista à revista Época: “Passei a fazer terapia e descobri que a casa é você.” Se ele mudou, a casa mudou. E assim deve ser. Não devemos ter medo das mudanças que nossa alma solicita. Afinal nossa casa é um reflexo de nós mesmos. Saúde ao Giane e que ele continue em seu caminho pela busca do equilíbrio.