Desapega ato 2: como descartar o que é mais difícil.

O exercício de desapego, quando entramos no descarte de itens com forte carga afetiva, exige musculatura emocional. Procuro sempre olhar o lado cheio do copo. Se você se identifica comigo, vai gostar da dica a seguir.

Durante a fase do desapego, não foque no que está descartando, mas naquilo que está escolhendo manter. Isso muda completamente a perspectiva. Essa preparação é necessária porque vamos entrar na categoria mais difícil desse processo: as lembranças! Fazem parte desse item: fotos, bilhetinhos, ingressos, desenhos dos filhos, etc, etc.

Atualmente, as pessoas imprimem poucas fotos, guardam nas nuvens, em computadores. No meu caso, continuo imprimindo. Gosto de tê-las por perto, para relembrar momentos felizes ou pessoas queridas que não estão mais aqui. Aliás, essa é uma das recomendações do Feng Shui: não ter visíveis imagens que gerem sentimento de tristeza. Quando quiser matar as saudades de alguém que já se foi, abra o álbum, reverencie a memória. Depois, feche e guarde novamente.

Ainda sobre as fotografias, livre-se daquelas que trazem lembranças tristes. Relacionamentos que acabaram, amigos que se foram. Enfim, tudo o que não promova um sentimento bom. Aliás, guardar coisas de "ex" não é uma boa ideia. Liberte-se e libere a energia do outro também.

 Com marido fotógrafo, vocês podem imaginar a quantidade de fotos que temos em casa! Além de organizá-las em álbuns, ele criou as "Caixas de Memórias", com uma seleção minuciosa de imagens por temas, que são práticas e decorativas. 

Com marido fotógrafo, vocês podem imaginar a quantidade de fotos que temos em casa! Além de organizá-las em álbuns, ele criou as "Caixas de Memórias", com uma seleção minuciosa de imagens por temas, que são práticas e decorativas. 

A confusão virtual também é um fenômeno da modernidade. Não adianta jogar montes de fotos impressas e manter o HD, ou sua nuvem, cheios de lixo eletrônico. Organize por temas: Viagens, Amigos, Família. Será mais agradável buscar, quando quiser rever algum evento.

Há coleções de tudo o que você possa imaginar: de camisetas, de souvenirs, de carrinhos de ferro, de bonecas, rolhas de vinho, tampinhas. Tudo isso ocupa espaço físico e tempo. O Feng Shui não proíbe nada, mas recomenda que você cuide e limpe, para que a energia não fique estagnada. E, se tem poeira, tem energia parada. Avalie se é o caso de manter, ou se a coleção está consumindo tempo que você poderia dedicar a outras coisas mais importantes.

 Mantive por muito tempo uma coleção de camisetas de uma agência de publicidade querida, onde trabalhei, por muito anos. Decidi doar para outros admiradores e mantive apenas algumas que estão em uso. Mas antes, fotografei tudo para ter de lembrança.

Mantive por muito tempo uma coleção de camisetas de uma agência de publicidade querida, onde trabalhei, por muito anos. Decidi doar para outros admiradores e mantive apenas algumas que estão em uso. Mas antes, fotografei tudo para ter de lembrança.

Outras lembranças podem ser ressignificadas. No lugar de comprar peças novas, resolvi repaginar alguns móveis confeccionados pelo meu pai, quando era vivo. Refiz a pintura de uma armário, que uso no meu office, para organizar material de escritório, impressora, etc.

 Colocando a mão na massa, ou melhor, na tinta!

Colocando a mão na massa, ou melhor, na tinta!

 A sala de TV ganhou uma mesinha, outra peça confeccionada pelo meu pai.Hoje serve de apoio para minha mini floresta.

A sala de TV ganhou uma mesinha, outra peça confeccionada pelo meu pai.Hoje serve de apoio para minha mini floresta.

 A mesa branca, que morava na lavanderia, ganhou nova camada de tinta e lugar nobre na sala de jantar. Serve de aparador e de apoio para máquina de café. 

A mesa branca, que morava na lavanderia, ganhou nova camada de tinta e lugar nobre na sala de jantar. Serve de aparador e de apoio para máquina de café. 

Essa foi uma maneira de dar novos usos para peças, com enorme valor afetivo, que só me trazem boas lembranças.

Outra categoria sensível são as cartinhas, bilhetinhos, desenhos dos filhos. Eu, que não tenho filhos, tive enorme dificuldade em descartar os desenhos dos meus sobrinhos, quando crianças. Afinal, escolhi guardá-los.

 Esse desenho antigo do meu afilhado, além de outros dos meus sobrinhos, decidi guardar. Mas se você não tem espaço para armazenar toda a vida escolar do seus filhos, um recurso é fotografar e arquivar digitalmente. 

Esse desenho antigo do meu afilhado, além de outros dos meus sobrinhos, decidi guardar. Mas se você não tem espaço para armazenar toda a vida escolar do seus filhos, um recurso é fotografar e arquivar digitalmente. 

O processo não precisa ser dolorido. Se você gosta muito de alguma coisa, mantenha. Não existe uma métrica exata do que deve ir ou ficar. Você é a pessoa mais indicada para definir essa medida. Garanto que as lembranças mais significativas estão guardadas num lugar que não tem limite de armazenamento: seu coração!

Até a próxima!

Bj Bj

Para uma consulta personalizada, entre em contato.

Leia os outros capítulos:

Mude sua casa e mude sua vida! 

Pedra Fundamental: o propósito da mudança.

Temperamento: sua casa tem e pode mudar.

Mudar ou reformar? Como o Feng Shui pode ajudar nesse desempate.

Diga-me com quem andas e a reforma terá a sua cara.

Desapega ato 1: como descartar o que é mais fácil.

Desapega ato 2: como descartar o que é mais difícil.

Mudanças estruturais externas: planta, acessos e proporções.

Mudanças substanciais internas: sentimentos, bloqueios e resoluções.