Especial Seminário Internacional de Feng Shui: a escolha faz o caminho

Esse foi o dia de subir a montanha do autoconhecimento e, nessa viagem, fomos pelos jardins da Quinta da Regaleira, um dos lugares mais deslumbrantes e misteriosos de Sintra.

Dia 8 - Kên, Autoconhecimento

Feng Shui Vera Sousa.jpg

No meu caso, essa viagem começou ainda no Brasil, quando o Solano me convidou a colaborar com a leitura dos jardins da Regaleira, pelo Feng Shui Contemporâneo. Esse foi o método que mais estudei e apliquei em minhas consultas, além de ter sido aluna direta do Prof. Lin Yun, fundador dessa Escola. Mas fazer essa leitura, junto com o mestre Carlos Solano foi um desafio e uma honra.

 A torre da Regaleira, a "montanha" mais alta, envolta pelo jardim.

A torre da Regaleira, a "montanha" mais alta, envolta pelo jardim.

 O dia estava nublado, mas a temperatura amena foi ideal para percorrer o jardim externo.

O dia estava nublado, mas a temperatura amena foi ideal para percorrer o jardim externo.

A ideia não é descrever todo o estudo que fizemos, mas chamar atenção para alguns pontos que justificam a escolha desse lugar para experienciar essa área de estudo do Ba Guá. O trigrama relacionado ao Autoconhecimento, representado pelo símbolo da Montanha e do elemento Terra. 

Ao caminhar pelos jardins da Quinta, o visitante faz uma "viagem" que é associada a uma demanda espiritual. Repleta de magia, natureza e simbolismos, a visita à Quinta é um mergulho em si mesmo.

Feng Shui Vera Sousa.jpg

Em vários dos monumentos e construções encontramos serpentes esculpidas ou pintadas. Elas representam a sabedoria. No caso da Regaleira, a serpente aparece na forma de caminhos sinuosos, ao longo dos jardins, e convidam a pensar sobre a união e equilíbrio entre corpo e alma, criando espaço para meditações e reflexões. 

 O caminho da serpente não é visto de fora. Está envolto pela mata. Não se sabe onde esta a cabeça ou o rado da serpente. Onde é o fim ou o começo.

O caminho da serpente não é visto de fora. Está envolto pela mata. Não se sabe onde esta a cabeça ou o rado da serpente. Onde é o fim ou o começo.

Existe um caminho cifrado esperando para ser revelado. As chaves são várias e cada escolha levará a uma realização diferente.  Pode ser pelo amor, pela natureza, pela sorte. No Patamar dos deuses, cada um oferecia a oportunidade para escolher uma delas.

 Vênus oferece a chave do amor

Vênus oferece a chave do amor

 A deusa Fortuna lança a sorte.

A deusa Fortuna lança a sorte.

Quando Luigi Manini, arquiteto e cenógrafo, projetou a Quinta, a pedido de Carvalho Monteiro, (brasileiro, herdeiro e idealizador da Regaleira)  inspirou-se nos jardins iniciáticos que têm formas, simbolismos e objetos que provocam e promovem transformações e ritos de passagem.

Pelos jardins da Regaleira  fizemos um caminho metafórico em direção a nossa interioridade. O ponto alto foi a descida ao Poço Iniciático. Projetado 27 metros para dentro da terra, conta com 9 andares que correspondem às iniciações, segundo a Divina Comedia de Dante.

Feng Shui Vera Sousa.jpg

Percorremos o jardim passando por todas as áreas da Roda da Vida, sentindo a energia de cada etapa, através dos símbolos, formas, vegetação, elementos e sentimentos. No final, conduzi o ritual do Reforço dos Três Segredos, traduzindo para sentimentos, as intenções do grupo para cada área da vida.

IMG_2516.jpg

E na Regaleira tudo fez sentido. A Roda simbólica girou e me trouxe aqui de volta. Para realizar o sonho de juntar Portugal e Feng Shui, com um dos Mestres que mais admiro. Quem sabe essa roda não me traz de volta e de vez. Sonha que dá!

Bj Bj e até amanhã com o ultimo capitulo.

 Carlos Solano, eu e João Fiandeiro, nosso guia historiador.

Carlos Solano, eu e João Fiandeiro, nosso guia historiador.

Segue o link para os outros capítulos desse diário de bordo, feito com muito carinho:

Especial Seminario internacional de Feng Shui - Vamos começar pelo começo

DIA 1 - Kan, Destino/Missão de Vida - A Bela Sintra

DIA 2 - Kun, Relacionamentos - O que a natureza ensina

DIA 3 - Chên, Ancestralidade/Família - A vila das Rainhas, Óbidos

DIA 4 - Sun, Expansão - Pé de vento

DIA 5 - Centro - Sentimento é a chave

Dia 6 - Ch’ien, Amigos/Ajuda do Céu - O Criativo

DIA 7 - Tui, Criatividade/Futuro - O futuro encontra o passado

DIA 8 - Kên, Autoconhecimento - A escolha faz o caminho

DIA 9 - Li,  Realização - O poder da realização