Introdução ao Feng Shui

Alquimia do ar e da vida

Feng Shui Vera Sousa.jpg

Para quem não sabe, a tradução literal de Feng Shui é Vento e Água. Desses dois elementos, o vento é o mais sutil pois sequer conseguimos enxergá-lo. Apesar disso, podemos sentir sua presença no balançar das árvores, no prenúncio de uma tempestade ou no assobio que produz entre as frestas das janelas. Na natureza, o ar está em constante movimento e sempre se regenerando. É esse movimento que precisamos repetir em nossas casas para manter o bem-estar dos moradores. Quando falta o ar, a vida acaba. Simples assim.

Então, se você já “destralhou", limpou e criou espaço para mudar algo nessa estação, vamos aproveitar esse movimento e limpar o ar da casa?

A purificação do ar pode ser feita de várias formas, através do uso de:

  • defumação

  • aromaterapia

  • plantas

  • pedras

  • som

É vasta a literatura sobre esse assunto. Mas, escolhi compartilhar dois recursos que utilizo muito e recomendo aos meus clientes.

LIMPEZA ELETROMAGNÉTICA

Em quase todas as casas que visito, a presença de aparelhos eletrônicos, nos quartos de dormir, é constante. Esses aparelhos emanam energia eletromagnética que é invisível, mas atrapalha o sono e descanso dos moradores. Se não relaxamos profundamente, não conseguimos renovar nossa energia vital. A cabeça pesada, os olhos cansados e as dores no corpo denunciam que algo está errado. Nesses casos, se não for possível retirar os aparelhos, recomendo o uso da pedra turmalina preta bruta, ao lado deles (TV, computador, celular, roteador), na proporção da influência. Quanto mais aparelhos, maior a pedra. O Lírio da Paz é uma alternativa à pedra, por ser uma eficiente planta limpadora do ar.

 Turmalina preta bruta, para limpar a energia eletromagnética produzida por aparelhos eletrônicos.

Turmalina preta bruta, para limpar a energia eletromagnética produzida por aparelhos eletrônicos.

LIMPEZA ENERGÉTICA

Quem nunca? É natural que a vida lance desafios e que fiquemos remoendo problemas, discutindo com o parceiro ou com os filhos. Essas tensões geradas pelas discussões ou maus pensamentos, também se cristalizam no ar. Acredite, a casa tem memória gravada em seus objetos, paredes, tapetes, em tudo. Quando o clima está pesado, recomendo a defumação, com auxílio de incensos naturais. E, mesmo que tudo esteja bem, uma defumação de tempos em tempos é recomendável. A chegada da Primavera é um ótimo pretexto para fazer uma limpeza energética e deixar fluir seus novos projetos. Anote o passo a passo:

  1. Escolha um incenso de que você goste. Para limpeza recomendo sálvia ou ananda. Esse último é composto de várias ervas e tem um cheiro mais forte.

  2. Conecte-se com o seu espaço. Antes de acender o incenso, feche os olhos e visualize sua casa e cada um dos ambientes. Procure lembrar do máximo de detalhes que puder. Visualize que você está entrando pela porta principal e dê a volta, mentalmente, por todos os cômodos, no sentido horário.

  3. Acenda o incenso, em frente à porta principal, e defume seu corpo, criando uma aura de limpeza com a fumaça.

  4. Com gestos suaves e circulares, movimente o braço que segura o incenso e caminhe pela casa, repetindo o mesmo caminho imaginário. Sempre no sentido horário. Eu costumo fazer o símbolo do infinito no ar, enquanto recito o mantra OM MA NI PADME HUM. Você pode falar palavras de amor, gratidão, rezar. Você escolhe.

  5. Se no tour imaginário você esqueceu de algum ambiente, aproveite para reconhecê-lo ao vivo e perceba porque você esqueceu dessa parte da casa. Talvez seja um espaço que precise de mais atenção ou de uma boa limpeza. Capriche na defumação dessa área.

  6. Quando retornar para o ponto de partida, agradeça pela felicidade de viver em um lugar abençoado pela harmonia e felicidade.

  7. Para finalizar, acenda outro incenso, dessa vez pode ser de lavanda ou sândalo e deixe queimar até o fim, no seu altar ou no local que preferir.

Feng Shui Vera Sousa.jpg

Rituais alquímicos como esse, há muitos séculos, são praticados em diversas culturas. Uma sabedoria ancestral que ajuda a religar o homem entre a terra e céu. “Quando nos conectamos com o divino, o sagrado, a vida passa a acontecer de maneira fluida e natural.” Eckhart Tolle.

Feng Shui Vera Sousa.jpg

E aqui encerro mais essa série. Espero que tenha sido útil e inspiradora para você. Que a sua Primavera venha florida de ideias e novos projetos.

Se quiser propor algum tema, envie por aqui ou me procure nas redes sociais. Os links estão no site.

Até a próxima!

Bj Bj

Para rever os capítulos anteriores, siga os links abaixo:

1. Bora “destralhar"

2. Lava, lava, lava

3. Dança das cadeiras

4. Alquimia do ar e da vida

Mudanças substanciais internas: sentimentos, bloqueios e resoluções.

Mudanças substanciais internas: sentimentos, bloqueios e resoluções.

Ao começar a mudança do espaço físico, você vai abrindo espaço para que a mudança interna aconteça. Por isso, encontrar o caminho do equilíbrio entre nosso espaço interior e exterior é uma arte que o Feng Shui ensina.

Desapega ato 2: como descartar o que é mais difícil.

Desapega ato 2: como descartar o que é mais difícil.

O exercício de desapego, quando entramos no descarte de itens com forte carga afetiva, exige musculatura emocional. Procuro sempre olhar o lado cheio do copo. Se você se identifica comigo, vai gostar da dica a seguir.

Desapega ato 1: como descartar o que é mais fácil.

Desapega ato 1: como descartar o que é mais fácil.

Se tiver de escolher três conselhos para alguém que me pede dicas de Feng Shui, eu recomendo: faça uma boa faxina, conserte o que está quebrado e livre-se de tudo o que não usa. Para isso, existem vários métodos de arrumação. Mas tem um que recomendo de olhos fechados: o Método KonMari.