água

Pedra fundamental: o propósito da mudança

Refletir sobre o propósito da mudança direciona o projeto

Refletir sobre o propósito da mudança direciona o projeto

Tenho certeza que você não quer apenas um sofá novo, com a estampa da moda, comprada naquela loja que você namora, há tempos. Nem tão pouco trocar o piso todo pelo revestimento mais prático do mercado. Seguramente, outras motivações estão por trás do desejo de mudança. 

Quando nos dispomos a mudar a casa, um movimento interno já está em curso. Identificar esse movimento e calibrar o ambiente para favorecer o que você busca é o meu trabalho, como Consultora de Feng Shui.

Muito se fala hoje de propósito, e isso vale para a sua casa também. Quando se está procurando um lugar para morar, ou planejando uma mudança, definir esse propósito é a chave para todas as dúvidas que surgirão durante o percurso. Por isso, esse farol precisa ser bem instalado para você não ficar à deriva, depois que se lançar ao mar de opções que o mercado oferece.

As pessoas mudam porque se casam, porque descasam, porque têm filhos, porque os filhos saem de casa e por aí vai. Porém, para cada situação existe uma intenção que pode ser ativada a partir das escolhas dos elementos que farão parte do projeto arquitetônico.

Alguns exemplos:

  • Um casal, cujos filhos saíram de casa, pode desejar aconchego, para garantir que o filhos sintam vontade de voltar sempre; o elemento terra, com sua qualidade receptiva, será o ponto de partida para direcionar esse projeto.

  • Um profissional liberal, que trabalha em casa, vai precisar de um espaço em que ele tenha isolamento para realizar seus projetos; aqui o elemento metal será bem vindo, para garantir foco.

  • Uma artista, que tem um ateliê em casa; vai adorar muita madeira para vibrar criatividade e fogo para obter o reconhecimento do público.

Laranja e cinza, combinação harmônica dos elementos Terra e Metal

Laranja e cinza, combinação harmônica dos elementos Terra e Metal

Quer saber um pouco mais sobre o que significa cada elemento? Escrevi sobre terrametaláguamadeira e fogo. Só clicar em cada um deles, para identificar que temperamento ou tempero você gostaria de dar à sua mudança!

4.JPG

Como prometi, vou usar meu exemplo para ilustrar e facilitar seu entendimento.

Quando planejei minha última reforma, defini como propósito a simplificação. Sentia falta de espaços livres, precisava de ar!  Partindo desse princípio, defini que o Metal seria o elemento em maior proporção no projeto. Foco e determinação são as qualidades que o Metal faz vibrar. Mas, sobre isso, vamos falar,  no próximo capítulo onde vou detalhar como estabelecer o temperamento de uma casa. 

Por hora, reflita no propósito da sua mudança. Se você não sabe o motivo pelo qual faz algo, está desconectado de si mesmo. Agir no automático tira o senso de realização que é a melhor parte de viver!
 

A base neutra na cor "nó de marinheiro", à direita, foi a escolhida para garantir a proporção do elemento Metal desejada.

A base neutra na cor "nó de marinheiro", à direita, foi a escolhida para garantir a proporção do elemento Metal desejada.

Os tons de cinza e pastel dos tecidos também somaram Metal à composição

Os tons de cinza e pastel dos tecidos também somaram Metal à composição

O próprio material Metal foi utilizado em itens de decoração, como luminárias e prateleiras.  O tempero com outros elementos foi adicionado após a base ter sido definida. Para isso, o propósito serviu como direcionador de todo o projeto.  Mas isso você vai ver nos próximos capítulos!

O próprio material Metal foi utilizado em itens de decoração, como luminárias e prateleiras.
O tempero com outros elementos foi adicionado após a base ter sido definida. Para isso, o propósito serviu como direcionador de todo o projeto. Mas isso você vai ver nos próximos capítulos!

Mude sua casa e mude sua vida!

Está pensando em mudar de casa, de vida, de astral?

Casou, descasou, enjoou, está precisando de uma reviravolta na vida profissional? Ou está se sentindo sem energia, com uma sensação de falta de equilíbrio ou de harmonia?

Às vezes, o mais óbvio está bem à nossa frente e não conseguimos enxergar... Nessas horas, precisamos de alguém que pegue na nossa mão e com paciência e carinho nos ajude a retomar nosso rumo. Então, acho que posso ajudar.

Sou consultora de Feng Shui, há mais de dez anos. Fiz inúmeros cursos e especializações, no Brasil e no exterior. Tive e tenho grandes mestres. Fiz projetos na casa de amigos, clientes e empresas. 

Mas, para que tudo fique mais fácil de "enxergar", vou ser sua cobaia!

Isso mesmo, vou usar exemplos práticos, com fotos, plantas e desenhos, do que fiz e do que não fiz na minha casa. Assim, posso responder às suas questões com a dor e a alegria de quem viveu esta experiência.

 

Aí, você me pergunta: mas sua casa não estava toda "trabalhada" no Feng Shui? Sim, mas eu mudei! E quando você muda, a casa muda. Nossas casas são como espelhos, refletem nossa personalidade, nosso estado de espírito. E, por isso, muitas vezes sentimos vontade de mudar, sem saber exatamente o que ou por que.

Esse processo geralmente está escondido no nosso inconsciente.Tudo muda o tempo todo. E quando nada muda... Talvez já esteja desgastado ou simplesmente acomodado.

As técnicas de Feng Shui servem para ajudar a identificar seu momento de vida e o que pode ser melhorado. Ao aplicá-las, você amplia seu auto-conhecimento e, assim, sua casa torna-se uma fonte poderosa de regeneração e vitalidade. Seu espaço sagrado. 
 

Aqui, nesse ponto é natural se perguntar: “por que devo investir no Feng Shui? Não é só mudar as coisas de lugar ou usar outras cores e a energia parada já começa a se movimentar?"

Bom, se você está lendo esse texto, é sinal que está pronto para receber informações que vão acrescentar uma outra camada de sabedoria ao seu projeto. 

Para os mais sensíveis e intuitivos, é natural acreditar que a vida é energia e que essa energia flui e se move em correntes contínuas e se transformam constantemente, no tempo e no espaço. 

Isso inclui você, a sua casa e tudo que está ao seu redor. 

Para os mais céticos e racionais, os físicos mostram que até os átomos e as moléculas estão em permanente movimento.

Se você se enquadra em qualquer um destes dois perfis, pode acreditar que as técnicas de Feng Shui, que vou compartilhar com vocês nos próximos posts, te ajudarão a fazer a sua próxima mudança, de um jeito mais consciente e aproveitando, ao máximo, seu investimento de tempo e dinheiro. 

É quase como aprender um segredo de família, como aquela receita guardada a sete chaves pela sua avó. Estamos falando de um conhecimento ancestral, que vem sendo usado no Oriente, há muito tempo, mas que só chegou por aqui no final do século passado. 

Existem situações físicas que influenciam a saúde do lugar que habitamos e por consequência o equilíbrio da nossa energia. Desde os materiais utilizados na construção civil até a vegetação próxima, a vizinhança, a iluminação, as cores, as madeiras, os móveis. 

Outra pergunta que você pode estar se fazendo: “quando entra o Feng Shui no meu projeto?” Na verdade, desde o momento exato em que você sentiu vontade de mudar, mas ainda não reformou, vendeu ou comprou sua casa.

O Feng Shui pode ser seu grande aliado na escolha do terreno, da rua, dos materiais, da planta, da distribuição dos cômodos e tantas outras dúvidas que fazem parte da mudança. 

Ensinar a aplicar todos esses conhecimentos é minha missão, com essa série. 

O primeiro capítulo já está disponível. Dê uma espiada e me conta o que você achou!

Até já! 

Bj Bj

Para uma consulta personalizada, entre em contato.

Leia os outros capítulos:

Mude sua casa e mude sua vida! 

Pedra Fundamental: o propósito da mudança.

Temperamento: sua casa tem e pode mudar.

Mudar ou reformar? Como o Feng Shui pode ajudar nesse desempate.

Diga-me com quem andas e a reforma terá a sua cara.

Desapega ato 1: como descartar o que é mais fácil.

Desapega ato 2: como descartar o que é mais difícil.

Mudanças estruturais externas: planta, acessos e proporções.

Mudanças substanciais internas: sentimentos, bloqueios e resoluções.

 

 

Água: emoção sempre à flor da pele, expressa no fado, na arquitetura, nos mosaicos, na poesia.

Ilha da Madeira

Ilha da Madeira

Não é nenhum poema

O que vos vou dizer

Nem sei se vale a pena

Tentar-vos descrever

O mar, o mar

E eu aqui fui ficando

Só para o poder ver

E fui envelhecendo

Sem nunca o perceber

O mar, o mar

(Madredeus)

Feng significa vento e Shui água. O vento espalha as sementes e a água as germina. Nessa dança entre expansão e retração a vida acontece. Esse é o significado dos termos Yin e Yang.

Boca do Inferno, Cascais

Boca do Inferno, Cascais

Água  está associada às profundezas do mar. Ao mesmo tempo que provoca medo, encerra uma grande sabedoria. Por isso, é representada pela cor preta ou azul escuro e pela forma fluida. 

Forma sinuosa na calçada do aeroporto, Funchal, Ilha da Madeira

Forma sinuosa na calçada do aeroporto, Funchal, Ilha da Madeira

Em Lisboa, referências ao mar estão por toda a parte, na arte manuelina, contemporânea dos descobrimentos, simbolizada pelas cordas, conchas, seres imaginários e exóticos, saídos dos grandes mares.

Instalação, sobre Arco da rua Augusta

Instalação, sobre Arco da rua Augusta

Teto do Mosteiro dos Jerônimos, Lisboa

Teto do Mosteiro dos Jerônimos, Lisboa

Monumento aos Descobrimentos, Lisboa

Monumento aos Descobrimentos, Lisboa

Impossível não associar a carga emotiva do elemento Água ao saudosismo do povo português. Cantado no fado, pelas ruas de Lisboa, nas poesias de Fernando Pessoa, ou mesmo nas calçadas de mosaico artisticamente criadas.

Mosaico português, Baixa, Lisboa

Mosaico português, Baixa, Lisboa

Até hoje, lembro da sensação ao avistar, pela primeira vez, o Palácio da Pena. Um conjunto arquitetônico, lindíssimo, composto pela mistura emocionante da influência manuelina e mourisca, implantado no alto da Serra de Sintra

Palácio da Pena, Sintra

Palácio da Pena, Sintra

A estação associada à Agua é o inverno, período de maior introspecção e recolhimento. Espelhos, vidros, fontes, espelhos d'água e materiais de cores escuras, fazem vibrar essa energia. Como elemento de comunicação, a Água é indicada para espaços culturais, para agências de publicidade ou empresas que processam líquidos e óleos, como perfumarias.

Praça do Império, Belém, Lisboa

Praça do Império, Belém, Lisboa

Pessoas influenciadas pela Água são maleáveis e flexíveis. Sedutores, simpáticos e muito sensíveis. Possuem uma habilidade nata para comunicar e promover suas ideias. 

Criativas e de fácil relacionamento têm uma percepção apurada e são muito persistentes. Lembrem do ditado: "Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura". A regra de ouro é o equilíbrio  evitar o excesso ou escassez dessa energia, que pode afetar os rins.

Foz d'égua, Piódão

Foz d'égua, Piódão

Ó mar salgado, quanto do teu sal

São lágrimas de Portugal!

Por te cruzarmos, quantas mães choraram,

Quantos filhos em vão rezaram!

Quantas noivas ficaram por casar

Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena

Se a alma não é pequena.

Quem quer passar além do Bojador

Tem que passar além da dor.

Deus ao mar o perigo e o abismo deu,

Mas nele é que espelhou o céu.

(Fernando Pessoa)

Chegamos ao final dessa temporada sobre Portugal e Feng Shui. 

Passamos por todos os elementos que trazem qualidades distintas de energia: Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água. Combiná-los de forma harmoniosa é a arte que um projeto de Feng Shui pode trazer. 

Existem duas maneiras de fazer isso: através do ciclo de criação ou de controle:

No ciclo de criação, um elemento gera o elemento seguinte, portanto, a harmonia se dá pela doação generosa de um para o outro. Madeira se doa, em forma de combustível, para o Fogo, que se consome até virar Terra. A Terra, por sua vez, gera o Metal que se mineraliza na forma de Água. E a Água, por sua vez, irriga a Madeira que recomeça o ciclo.

No ciclo de controle, a harmonia se dá de forma mais vibrante. Um elemento controla o outro, o que traz uma qualidade diferente e mais contrastante para o ambiente. Madeira contém a Terra. Terra conduz a Água. Água apaga o Fogo. Fogo derrete o Metal. Metal corta a Madeira.

Achou complicado? Fique de olho na agenda de cursos e workshops que vou explicar tudo isso, com muitos exemplos e exercícios. Acompanhe por aqui, inscrevendo-se para receber notificações das novidades.

Bj Bj

Para uma consulta personalizada, entre em contato.


Terra: doce, amorosa, receptiva, essa é a personalidade desse povo que não tem medo do trabalho.

Ilha da Madeira e a força da terra

Ilha da Madeira e a força da terra

Ninguém vive sem um tipo Terra por perto. Extremamente organizados e muito trabalhadores, são práticos e confiáveis. Disciplinados, capazes de cumprir suas responsabilidades como ninguém, são conservadores e preferem seguir objetivos sólidos.

A teimosia pode se manifestar, se a energia Terra estiver em excesso.

Nas minhas andanças pela Ilha da Madeira, em Portugal, topei com uma agricultora colhendo batatas, em um pedacinho de terra. Cada saco pesava 30kg, e ela os carregava apenas com o apoio da cabeça! Uma força da natureza, pura Terra, com mãos grossas que ela exibia segura de sua missão.

Agricultora da Ilha da Madeira

Agricultora da Ilha da Madeira

A virtude da Terra é a sinceridade. A emoção é a preocupação. Não à toa, é o elemento que representa a Mãe, o feminino. 

As flores são representantes dessa energia, em especial nas cores amarela,

cor-de-rosa, como essas tulipas.

...ou jardins geométricos, formais e simétricos, como no Palácio do Buçaco, Luso.

Sabe aquela hora, logo após o almoço, em um dia quente, de Alto Verão? Então, essa molezinha que nos leva a uma inércia, quase irresistível, é a Terra. Por isso, em excesso não é boa. Como sempre, equilíbrio é a dose certa.

Terra é colo de mãe, aconchego, carinho. Almofadas e texturas suaves trazem essa sensação gostosa, que convida ao descanso. Por essa razão, nos sentimos tão bem na casa das avós: confort food, confort cama, confort colo. 

Detalhe da roupa de cama, na Casa da Padaria,cuidado nos detalhes, em Piódão.

Detalhe da roupa de cama, na Casa da Padaria,cuidado nos detalhes, em Piódão.

Detalhes femininos, na Casa da Padaria, em Piódão.

Detalhes femininos, na Casa da Padaria, em Piódão.

Lisboa...sempre achei que essa cidade tinha uma energia feminina. Observando sua arquitetura, paisagem, clima, concluí que, além de levar um nome feminino, ela carrega muitos símbolos da Terra.

Palácio das Necessidades, Lisboa

Palácio das Necessidades, Lisboa

Nas fachadas de muitas construções vê-se a cor rosa ou amarela. O céu de Lisboa tinge-se de rosa ao final da tarde! Aliás, o céu de Lisboa é algo sobrenatural. Não canso de admirá-lo em todas as suas nuances.

Céu de Lisboa...

Céu de Lisboa...

...com a Ponte 25 de Abril ao fundo.

...com a Ponte 25 de Abril ao fundo.

A cor amarela, ocre, marrom, e a forma quadrada ou quadriculada são maneiras de representar esse elemento na decoração. Além do material argila, barro e cerâmica.

Essa sala de estar tem o peso da Terra em excesso.

Tijolos na parede do antigo forno da Casa da Padaria, tons terrosos, e estampa quadriculada

Terra

Terra

Esse elemento carrega outra qualidade: a receptividade para os relacionamentos amorosos.

Se quiser ativar em sua casa, procure usar objetos aos pares e proporcionais, que simbolizam uma relação equilibrada.

Ou a própria palavra. Quem fica imune ao amor?

Alimentos também podem fazer vibrar a energia da Terra. E, depois de toda essa explicação desse elemento, fica fácil adivinhar qual o sabor da Terra:

DOCE!

E, Portugal tem uma infinidade de opções dentre tantos doces conventuais. Dos pastéis de nata, aos travesseiros de Sintra, Ovos Moles de Aveiro. Uma fartura que pede cuidado com a balança.

Os deliciosos e inesquecíveis Pastéis de Belém, em Lisboa

Os deliciosos e inesquecíveis Pastéis de Belém, em Lisboa

Adoce seu lar com essa energia.

Adoce seu lar com essa energia.

Na próxima semana, vamos falar do Metal. Enquanto isso, releia os outros capítulos e perceba como a receita do equilíbrio está na dose que você usa de cada um, na casa e na vida.

Ate lá!

Para uma consulta personalizada, entre em contato.


As emoções da água

Outro dia estava assistindo pela enésima vez o filme "Sob o sol da Toscana". Aliás, sempre tive uma fixação por filmes que mostram casas caindo aos pedaços sendo completamente reconstruídas, e esse é especialmente fascinante nesse quesito. Primeiro pelo cenário e depois pela excelente interpretação de Diane Lane como a escritora Frances Mayes que resolve abandonar sua vida em São Francisco (após uma decepção amorosa) e compra uma casa chamada Bramasole, no miolo da Toscana. Sem perceber, conforme a reforma da casa avança ela também vai reformulando seus sentimentos. Entretanto, há uma cena emblemática dessa transformação. É a última cena do filme. Existe uma torneira que passa o filme inteiro pingando sem jamais alguém conseguir entender por que não funciona. No final do filme, quando Frances redescobre o amor, a torneira começa a jorrar água sem parar (e pela enésima vez eu choro...). Mas, afinal, o que o Feng Shui tem a ver com isso? Usei esse exemplo para ilustrar que a água está relacionada com as nossas emoções. E como sempre digo, o físico dá sinais daquilo que é invisível, portanto, não descuide dos encanamentos e dê fim a qualquer sinal de vazamento na sua casa. Combinado?