sentimentos

As emoções da água

Outro dia estava assistindo pela enésima vez o filme "Sob o sol da Toscana". Aliás, sempre tive uma fixação por filmes que mostram casas caindo aos pedaços sendo completamente reconstruídas, e esse é especialmente fascinante nesse quesito. Primeiro pelo cenário e depois pela excelente interpretação de Diane Lane como a escritora Frances Mayes que resolve abandonar sua vida em São Francisco (após uma decepção amorosa) e compra uma casa chamada Bramasole, no miolo da Toscana. Sem perceber, conforme a reforma da casa avança ela também vai reformulando seus sentimentos. Entretanto, há uma cena emblemática dessa transformação. É a última cena do filme. Existe uma torneira que passa o filme inteiro pingando sem jamais alguém conseguir entender por que não funciona. No final do filme, quando Frances redescobre o amor, a torneira começa a jorrar água sem parar (e pela enésima vez eu choro...). Mas, afinal, o que o Feng Shui tem a ver com isso? Usei esse exemplo para ilustrar que a água está relacionada com as nossas emoções. E como sempre digo, o físico dá sinais daquilo que é invisível, portanto, não descuide dos encanamentos e dê fim a qualquer sinal de vazamento na sua casa. Combinado?