Escolha de Sofia

Metropolitan Museum, NY

Metropolitan Museum, NY

Sempre que o assunto é desapego, em quase todos os casos, a conversa gira em torno daquilo que não queremos mais e que, por algum motivo, insistimos em manter. Pode ser aquela peça de roupa que não serve, a excessiva quantidade de sapatos sem uso, livros já lidos, utensílios de cozinha, brinquedos, etc.

Mas, o que dizer das coisas de que gostamos, mas precisamos abrir mão? Parece uma contradição porém, cedo ou tarde, estaremos diante de uma “escolha de Sofia*”.

Por exemplo, reconhecer que não temos mais a mesma vitalidade, força e disposição para manter as mesmas atividades físicas, iniciadas aos 20 anos. É osso! Posso dizer, pois já passei dos 50 e sinto nos ossos essa mudança. A cabeça continua a mil, mas muitas vezes o corpo não acompanha. E, tudo bem!

Outro aspecto recorrente é ter de mudar de padrão de despesas, tendo outra realidade financeira. A vida é assim, se transforma em ciclos e vai dando a oportunidade de selecionar, a cada estação, o que fica e o que vai. E, tudo bem, também!

Minha provocação é justamente sobre aquilo que escolhemos manter.

Para ajudar nesse exercício, vou resgatar o conceito das Câmaras de Artes e Curiosidades, dos séculos XVI e XVII. Seus proprietários eram nobres que reuniam objetos, de valor comercial ou emocional, coletados em expedições, por todo o mundo. Essas coleções particulares representavam o dono, seus gostos, excentricidades e ficavam expostas em suas propriedades. Mais tarde, migraram para o que conhecemos como museus. Para manter e renovar essas coleções, os museus criaram uma política de acervo: documento público, que define qual é a natureza ou curadoria do seu acervo. Quanto mais clara e específica essa política, tanto melhor o acervo.

Pois então, espelhando esse método, meu convite é para que você estabeleça sua política de acervo. Não apenas para os aspectos físicos, como também emocionais. Defina sobretudo, o tamanho desse acervo, avaliando do que você dá conta de manter, de forma sustentável. Tendo essa política bem clara, sua “escolha de Sofia” será consciente. Mesmo que seja dolorida, no começo, no longo prazo você se sentirá mais leve.

Se você concorda, discorda ou quer acrescentar outro ponto de vista, pode comentar aqui.

Até breve!

Bj Bj

*Do livro homônimo, de onde derivou a expressão idiomática: fazer uma “escolha de Sofia” significa ver-se forçado a optar entre duas alternativas igualmente insuportáveis.

**Deixo aqui algumas recomendações de livros e séries sobre o tema:

  • O documentário The Minimalists, no Netflix

  • Todos os livros e a série, no Netflix, da Marie Kondo

  • Let it Go”, livro do premiado Peter Walsh, referência no mundo da Organização

#fengshuiverasousa #fengshui #organizer #personalorganizer #mariekondo

Mensagem pra você!

feng Shui Vera Sousa.jpg

Quantas vezes entramos e saímos de casa sem olhar nos olhos de quem está dentro do elevador? Na era dos smartphones, os olhos estão quase sempre voltados para o chão, infelizmente. É assim, na maioria das vezes, mas nem sempre! Porque ainda há gentileza por aí. Ou pelo menos quem insista em não perder esse valor tão necessário, nos tempos atuais. Compartilho aqui, uma experiência recente que me fez acreditar na resiliência da gentileza.

Outro dia, estava fazendo uma visita técnica, para realizar algumas medições e conhecer o novo imóvel de uma cliente. Ela encomendou o projeto de Feng Shui, antes mesmo de começar a obra, em seu novo lar (aliás esse é o momento ideal!).

Depois de concluir meu trabalho, descemos e, antes de ganhar a rua, reparei que havia uma máquina de escrever no hall da entrada. Daquelas antiguinhas, clássicas, que a moçada nem sabe como funciona. Pois bem, achei curioso e me aproximei. Havia uma folha de papel despretenciosa, com a simpática frase, escrita à mão: “Este Condomínio tem boas memórias. Bem-Vindo ao Saint Honnore.”

Fiquei maravilhada! Que raridade encontrar tanta gentileza com simplicidade. Além de receber moradores e visitantes, a mensagem faz questão de honrar a memória do condomínio.

E você, já parou para ouvir a mensagem da sua casa? Provavelmente ela tem algo a dizer e você pode se beneficiar estando atento, presente e de coração aberto para recebê-la.

No dia 30/5, estarei nA Casa com Vida, no Rio de Janeiro, para fazer uma palestra intitulada “Escute sua casa. Mude sua vida.” Vou apresentar técnicas de Feng Shui que ajudam a abrir a escuta para as mensagens da casa, nos diversos aspectos da vida dos moradores, e como a Organização pode ter efeito terapêutico, promovendo auto-conhecimento e o bem estar dos ocupantes.

Anote aí:

Dia: 30 de maio

Local: A Casa com Vida

Horário: 19 às 21h00

Endereço: Rua Sacopã, 756 - Lagoa Rodrigo de Freitas

O link para inscrição é esse aqui: https://www.eventbrite.com.br/e/palestra-escute-sua-casa-mude-sua-vida-tickets-61491597022

Vou adorar te ver lá!

Bj Bj

P.S. Nunca publico imagens de projetos dos meus clientes. Essa imagem foi gentilmente cedida pela minha cliente querida.

ÚNICA TURMA - MÓDULO III, BA ZHAI OU FENG SHUI CLÁSSICO

Feng Shui Vera Sousa.jpg

E para concluir a série de cursos intensivos, chegou o Módulo III, dedicado ao método Ba Zhai, ou Feng Shui clássico. Me apaixonei por essa leitura, a partir dos cursos que fiz com Arq. Carlos Solano. Juntei com o que já havia aprendido sobre esse método e criei esse curso. Serão 3 dias, com tempo generoso para entender os fundamentos da Escola e aplicar em exercícios práticos. Começando pela leitura da planta da sua casa! Esse método avalia a energia presente em oito posições da edificação e que podem ser trabalhadas a favor dos moradores.

No Módulo III, os alunos vão conhecer o significado do sistema das Oito Residências, dos Trigramas, a influência das Estrelas, o uso da bússola, Ming Gua e as direções pessoais favoráveis. Com teoria e prática, aprofundaremos os conhecimentos nesse método analisando casos para determinar os elementos que podem ser utilizados fisicamente para alimentar ou drenar a energia presente na posição das 8 Estrelas, além de atitudes que podem melhorar a dinâmica familiar.

Indicado para:

- quem já atua como consultor, mas utiliza outro método

- quem já tem algum conhecimento prévio, mas quer exercitar avaliando outros casos

- quem tem interesse em Feng Shui ou terapias da casa

Confira alguns dos conteúdos:

  • Os cinco movimentos e os ciclos de controle e geração

  • Simbologia dos trigramas para esse método

  • As 8 Estrelas e seus atributos

  • Min Gua

  • Exercícios de aplicação da bússola e tratamentos

  • Estudo de casos

Carga horária: 32 horas, divididas em 3 dias, com Certificado

Quando: de 24 a 26/5, das 9h30 às 17h30
Onde: em São Paulo

Inscrições no link abaixo:

https://www.eventbrite.com/e/modulo-iii-metodo-ba-zhai-classico-tickets-59890710728

Te espero lá!
Bj Bj

Depende...

fengshuiverasousa.jpg

Depende. Essa é a resposta do sábio.

Pensei em escrever sobre isso, hoje, depois de ver mais uma matéria, na televisão, ditando regras de Feng Shui. Sim, a mídia tem e teve um papel importantíssimo na divulgação dessa arte, no Ocidente. Na maioria das vezes, de forma superficial e banal, como é possível fazer em poucos minutos de matéria, com pontos de audiência em jogo. Meu objetivo aqui não é julgar, mas alertar sobre o tipo de informação divulgada pois, quanto maior a audiência, maior a responsabilidade.

Entendo a pressão e a sedução da visibilidade, mas se pudesse fazer uma ponderação, diria: antes de espalhar regras dogmáticas, usem a resposta do sábio. Só assim, estaremos valorizando nosso trabalho como consultores e ajudando a perpetuar uma cultura tão valiosa e cheia de sutilezas.

É comum receber o pedido de algum jornalista querendo uma lista com 10 dicas infalíveis de Feng Shui. Ou ver um amigo, com os olhos arregalados, perguntando se “espelho no quarto dá azar”. Outro, indagando se é bom colocar um Ba guá em cima da porta ou um cristal na janela. E tem aquele que tem medo de me convidar para conhecer a casa, achando que precisa organizar tudo antes. (Mal sabe ele que minha casa também tem a baguncinha saudável, do dia-a-dia.) Isso tudo acontece graças à desinformação.

Fazendo um paralelo, as dicas de Feng Shui que você ouve por aí, têm a mesma validade que o horóscopo que você lê no jornal. São genéricas e portanto, não podem ser levadas a ferro e fogo. Meus amigos astrólogos vão me apoiar nessa. Um mapa astrológico é pessoal e intransferível. Assim como uma consulta de Feng Shui. Depende 100% do morador.

Por isso, repito: não existe mágica no Feng Shui. Existe um caminho de auto-conhecimento, que ajudará a refletir na casa aquilo que você é, ou precisa saber que é.

Ah, e às perguntas dos amigos, respondo sempre: depende…

Bj Bj

ÚLTIMA CHAMADA - Cursos de Maio

Feng Shui Vera Sousa.jpg

Uma das coisas que mais gosto de fazer é ensinar 😍 Acredito tanto na casa como um reservatório de energia para nosso dia-a-dia, que não canso de estudar e aplicar técnicas para fortalecê-la. Quanto mais domino o tema, mais gosto de dividir. É como ensinar uma receita de família, sabe?! Sinto os benefícios desse conhecimento e quero compartilhar. Simples assim.
Por isso, criei essa série de cursos intensivos, dividida em 3 módulos. E para encerrar a temporada, teremos em maio, mais duas turmas:

ÚLTIMA TURMA do Módulo I de Fundamentos do Feng Shui:
Esse programa foi elaborado para quem já é Consultor e quer aprofundar o conhecimento. Para quem trabalha como Personal Organizer e quer ampliar sua área de atuação. Para quem é Designer de Interiores e busca um diferencial. E obviamente, para quem tem curiosidade pelo assunto. Mesmo sendo abrangente, ao final todos levarão um set de ferramentas aplicáveis no seu dia-a-dia.

Carga horária: 18 horas, divididas em 2 dias, com Certificado e material preparado especialmente para o curso.

Datas: 4 e 5/5, das 9 às 18h00
Para saber mais sobre o programa e se inscrever é só clicar aqui.

ÚNICA TURMA do Módulo III - Feng Shui Ba Zhai, clássico:

Ainda em maio, farei um único curso dedicado ao método clássico ou Ba Zhai. Esse método, também conhecido como o sistema das Oito Residências ou Palácios, avalia a energia presente em oito posições da edificação e que podem ser trabalhadas a favor dos moradores. Com teoria e prática, aprofundaremos os conhecimentos analisando casos para determinar os elementos que podem ser utilizados fisicamente para alimentar ou drenar a energia presente na posição das 8 Estrelas, além de atitudes que podem melhorar a dinâmica familiar.

Carga horária: 32 horas, divididas em 3 dias, com Certificado

Pré-requisito: Módulo I - Fundamentos do Feng Shui, então corre e se inscreve nos dois! Se você já tem uma base de Feng Shui e quer acrescentar mais esse método ao seu repertório, mande uma mensagem junto com a inscrição.

Data: 24 a 26/5, das 9h30 às 17h30

Para saber mais e se inscrever é só clicar aqui 

Te vejo lá!

Bj Bj